quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

15 Bilhões para Banda Larga

Bom, a minha opinião enquanto membro de uma comunidade, é que o termo 'sociedade civil' não comporta autarquias. Eu entendo 'sociedade civil' como povo moradores de bairros, pessoas 'comuns' não atreladas à ONGs superpoderosas.
Quem está na CONFECOM como 'sociedade civil' são ONGs 'grandes', que nem sempre sabemos - nós, o povo, quem as comanda.
É aí que está a preocupação em que grupos falem em nome de todas as comunidades que sequer sabem do que realmente estão falando em Brasília.
Entretanto, enquanto muitos de nós sequer sabe que cargas d'água é Confecom, e no que as determinações vindas desta poderá causar modificações profundas na vida de cada um...Enquanto eles discutiam meios de comunicação e etc na Confecom, o Ministro Hélio Costa, fazia uma reunião paralela para apresentar ao Congresso Nacional o novo PNBL - Plano Nacional de Banda Larga, que foi criado pelo Governo Federal junto com as empresas de Telecomunicações. Ora, ao invés de desviar as atenções do Congresso para a Confecom - que mereceria ser bem observada de perto. ele faz exatamente o contrário! Tira os olhos do Congresso sobre a Confecom, coisa que me é muito estranha...Se a conversa é Comunicação, por quê o Ministro não a levou para quem estava justamente discutindo isso? E por quê logo no começo da Conferência? Não poderia ser deixado para o final, já que se está às portas de um recesso?
Veja só: de 2010 a 2014, está previsto para o PNBL, a cada ano, a bagatela de 15 bi!...É exatamente isso: 15 bi por ano! - E serão 4 anos! Se esse projeto interessa tanto às Comunicações significa que correrá "à revelia" do saber e opinar público - quem seria o maior interessado, já que a Banda Larga, foi pedida por Lula PARA O POVO e não para empresários das telecomunicações!
Seria 'inconveniente' perguntar - para QUEM o Ministro Hélio Costa e o senador Flexa Ribeiro - co-fundador do PSDB/PA, PRESIDENTE DA COMISSÃO DE COMUNICAÇÃO DO SENADO,e o REPRESENTANTE DO SENADO NA COMISSÃO ORGANIZADORA DA CONFECOM, estão trabalhando?

A título de informação, o Sr. Senador Flexa, fez um projeto meio bizarro:PL 6424/05, que quer a plantação de palmáceas em áreas de propriedades rurais. Em tempo: as Palmáceas macaúba, babaçu, buriti e dendê, são matérias-primas para o Biocombustível.

Em 2004, o Senador foi preso pela PF na Operação Pororoca, acusado de estar utilizando sua empresa, a Engeplan num esquema de fraude de concorrências públicas.
 

Um comentário:

negao disse...

Tenho perspectiva de vida até os 80 anos, será se nesses 40 anos eu terei o prazer de ver a Banda Larga Ajato chegando por aqui na Região do grande ABC particularmente em Mauá que hoje tem 389 mil habitantes com uma Economia 14ª cidade mais rica de São Paulo, no Bairro onde eu moro ITAPEVA não existe nenhum acesso a Internet Banda Larga disponível de verdade. As Operadoras TIM, Claro e Vivo declaram ter cobertura em 3G Internet Móvel no local porém nesse momento estou navegando com uma velocidade alarmante 27kbps ou seja pior que acesso discado. Obs. o meu Plano 3G da Claro é de 1 Mega onde pago R$ 119,80 mensal. Já testei todas operadoras 3G em Mauá e nenhuma presta. Uma é pior que a outra, Todos os testes já realizados constataram que a maior velocidade 3G alcançada em Mauá foi de 120 Kbps em um ponto mais alto e em plena madrugada numa noite seca e boa visibilidade e o Céu completamente estrelado que favorece esse tipo de conexão.
Esqueçam esse tipo de Acesso Internet Móvel 3G é uma furada “uma vergonha” (3Gambiarra) devia se chamar .Imagina na Copa do Mundo em 2016 os Jornalistas Estrangeiros tentando se comunicar com os seus Países com um aparelho Móvel usando 3G vai ser uma piada de mau gosto de terceiro mundo. Alguém terá que avisar para eles trazer uma Antena Parabólica para eles Captarem Internet Via Satélite.quarenta anos e tenho